•  
  •  

Arrábida Fish

Um peixe gigante em ferro, do escultor setubalense Pedro Marques, está nomeado para o prémio do público num evento suíço de artes plásticas, cuja escolha decorre até dia 24 de outubro, pela internet.

Pedro Marques é o único português presente na 7.ª edição da Biennale de Montreaux, na Suíça, a qual conta com a participação de mais 36 artistas internacionais.

O escultor representa-se com “Arrábida Fish”, escultura feita em ferro inspirada na ligação de Setúbal com o mar e a serra.

A peça, além de remissiva para a paisagem que constitui a realidade da cidade, ladeada pela Serra da Arrábida e pelo Estuário do Sado e uma baía na frente ribeirinha, estabelece uma correlação com a necessidade de proteção dos ecossistemas.

“Arrábida Fish” manifesta a posição do artista contra a destruição do planeta pelos seres humanos, nomeadamente a relacionada com a poluição marinha e a necessidade do respeito pela biodiversidade marinha.

O trabalho de Pedro Marques é submetido ao voto do público, que pode eleger a peça vencedora do certame, até dia 24 de outubro, nesta página, onde se apresentam todas as obras a concurso. Pode votar na obra de Pedro Marques nesta ligação até final do dia de amanhã. Se a obra ganhar o voto do público ficará exposta durante dois anos. 

Fonte: Município de Setúbal (adapt.)