•  
  •  

Humor em tempos de greve

Durante as pausas letivas, o corpo docente aproveita para preparar o novo bloco de aulas que se segue. Examentamente na pausa letiva associada ao Natal, à docente Fernanda Ricardo surgiu a ideia para a realização da atividade que apresentamos.

Partindo da leitura do livro Desafios de Escrita Criativa, de Paula Pessanha Isidoro, a docente redigiu um conjunto de textos tendo em consideração o período conturbado em que se encontra a sociedade portuguesa, visível através das inúmeras greves que ameaçam parar o País, e  transformou-os com o objetivo de melhor conduzir os alunos quer no momento de discussão acerca do tema, quer no próprio processo de escrita propostos.

Pela primeira vez e para espanto dos alunos, a aula de português teve início na cozinha situada ao lado da habitual sala de aula. No centro da mesa, os alunos depararam-se com uma cena um pouco insólita: uma caixa com alguns utensílios e eletrodomésticos de cozinha lá dentro e com as seguintes inscrições: “ESTAMOS EM GREVE!”; “NÃO TEMOS MEDO! (Respeito! Basta!)”. Com as naturais risadas, foi assim introduzido o tema da primeira aula do ano, passando-se ao visionamento de um vídeo humorístico do programa Inferno (Canal Q) intitulado “Especial-Portugal em greve”. Após a discussão sobre o vídeo e com a ajuda da docente, foram enumeradas as principais reivindicações dos trabalhadores dos vários setores em protesto.

De seguida, a professora apresentou as três tarefas a realizar em pequenos grupos heterogéneos. Apontando para a caixa dos “Utensílios & Eletrodomésticos de Cozinha (UEC’s)”, a docente começou por ler a primeira parte do manifesto dos UEC’s, em que se destaca o contributo deste equipamento para a vida doméstica das famílias portuguesas. 

O primeiro grupo foi convidado a completar o texto do manifesto, adaptando ao novo contexto as reivindicações anteriormente anunciadas. O segundo grupo ficou responsável pela produção (parcial) de “slogans” de protesto. Ao terceiro grupo, que ficou na cozinha, foi-lhes pedido o preenchimento de um texto lacunar com a transcrição da notícia anunciada no programa de informação “Diário de Cozinha”. Logo a seguir, os alunos vestiram o papel de apresentadores e gravaram num vídeo o texto da notícia.

Num segundo momento, e com o devido acompanhamento da professora, foi feita a correção dos três exercícios e passou-se à recriação humorística de uma cena de protesto numa cozinha portuguesa.

Tag cloud

20018-19 2018 2018-19 2019 2019-2020 29-de-maio 2edição 5-de-outubro 5-sentidos 90-anos a2 advento alunos amélia-pessoa artista atividades atrapalharte Área-consular-de-zurique b1 bárbara-almeida biel-bienne buchlern camões carnaval catarina-correia cecília-froidevaux cepe-suíça cerimónia certificação cheseaux chur ciência cindy-santos colaboração comemorações comunidades-estrangeiras concurso-local conferência construir contar-histórias contos-de-natal coordenação coordenadora-lurdes-gonçalves cultura cursos-lcp d-maria-ii davos dia-de-portugal diário-de-aveiro digressão elisabete-moreira encarregados-de-educação encontros-com-a-literatura epe epe-suíça escrita escrita-criativa escritora estrela exames-proficiência expoculturalusa exposições fernanda-ricardo formação genebra gossau gratidão grône hardau herisau histórias humor ic iii-jornadas imagens implantação-da-república inscrições inverno isabel-pereira jornadas-epe-suíça jornadas-plurais jornal la-chaux-de-fonds língua-portuguesa lcp le-mini-mag leitura lincool lingua-de-herança lisboa literacia-plurilingue lucerna luzern maio marília-taveira natal nechâtel neve nyon oficinas partilhar património paula-rodrigues paula-santos pérolles portugal-open portugal-open-19 português prilly professores reflexão regensdorf regulamento renens renovações reportagem riddes riedtli são-valentim símbolos sónia-melo semana-da-leitura setembro solidariedade st-gallen suíça teatro turismo valais valais-em-português villars-vert visita-de-estudo yverdon-les-bain