•  
  •  

Native Scientist em Schlieren


No dia 10 de novembro, a professora Manuela Santos, promoveu uma oficina de trabalho da Native Scientist para os seus alunos da escola Hofacker, Schlieren, de nível A1 e A2.

Previamente, foram abordadas na sala de aula diferentes profissões e os alunos tiveram oportunidade de revelar o que gostariam de fazer profissionalmente no futuro. A partir dos cadernos “Uma volta ao mundo com cientistas portugueses”, refletiram ainda sobre o que é ser cientista e os diferentes tipos cientistas. Descobriram que ser cientista é ser curioso e querer saber mais sobre o mundo que nos rodeia. Cada aluno escreveu e ilustrou um pequeno texto que foi, posteriormente, entregue aos cientistas e que entrará no concurso anual da Native Scientist para os prémios de "Melhor Desenho" e "Melhor Frase".

Mas, para compreender melhor o universo da ciência, o melhor é mesmo observá-la de perto!

Cinco cientistas foram então à escola e, cada um na sua estação, realizaram diferentes demonstrações e experiências. Os temas abordados foram diversos: desde a física à neurobiologia e à microbiologia. Os alunos tiveram oportunidade de contactar com todas as experiências, mudando de estação a cada 12 minutos. 

Foi, sem dúvida, uma atividade enriquecedora e que abriu os horizontes de todos os participantes para novas perspetivas. Alargaram o seu vocabulário, o conhecimento do mundo, desenvolveram o pensamento crítico e ainda perceberam que na Suíça pode haver mais oportunidades de trabalho do que aquelas a que geralmente estão habituados. Com esta atividade os alunos desenvolveram conhecimento, mas também a sua capacidade de pensar e interrogar. 

Conclusão: aprenderam, divertiram-se e adoraram!

Prof. Manuela Santos
(Adapt. texto: Teresa Silva)